Crossfit: o que você precisa saber!

Musculação x Emagrecimento
23 de novembro de 2018
O medo de se pesar e o que ele te atrapalha
2 de março de 2020

O CrossFit é uma modalidade de treinamento de força e condicionamento físico, e que atualmente é febre em muitas cidades do Brasil e do mundo. É baseado em movimentos funcionais e trabalha várias capacidades físicas, entre elas:  resistência muscular, flexibilidade, resistência cardiorrespiratória, coordenação motora, equilíbrio e agilidade. Capacidades essas que são de grande importância para a manutenção de uma boa saúde.

O principal componente utilizado no Crossfit é o próprio corpo. Porém, alguns equipamentos específicos ajudam no desenvolvimento dos exercícios, como, por exemplo: barras e anilhas olímpicas, pesos livres, cordas, bolas, caixas, argolas, elásticos e até mesmo pneus.

Chama atenção dos praticantes por ter uma grande variação de movimentos e ser mais dinâmico do que a musculação tradicional. A Base do Crossfit é composta basicamente por movimentos de levantamento de peso olímpico e em alguns ”box” movimentos base da musculação. O que muda muito ai são os nomes que na maiorias das vezes são ditos em inglês.

Esses movimentos são chamados de funcionais, pois são movimentos que estão presentes no nosso dia a dia, seja para carregar uma criança no colo ou guardar aquela caixa pesada no alto do armário. Esta modalidade estimula muito o espirito competitivo entre seus praticantes e aí pode estar um problema: aumento de carga excessiva, execução errada, quem faz mais rápido e por ai vai… Obvio que, em cada ”box” há professores para ajudar na correção e condução do treino, e cabe ao atleta respeitar e seguir as orientações para ter um bom rendimento.

A modalidade atinge uma grande faixa etária e de diferentes tipos físicos, já que oferece movimentos mais simples para quem tem mais idade ou tem algum problema músculo esquelético, e também para os jovens e pessoas de meia idade, que procuram o emagrecimento ou tonificação do corpo. É importante lembrar que assim como qualquer atividade física, cada indivíduo tem suas limitações e que devem ser levadas em conta na hora da prática do exercício para que não haja danos a saúde.

 

  •  Cuidados importantes para a prática do Crossfit

 

Apesar de o crossfit trazer muitos benefícios aos seus adeptos, ele também requer alguns cuidados. Para a sua prática, é necessário ter um profissional (educador físico) junto, pelo menos no início. Isso evita que haja lesões e dores muitos fortes no corpo, já que o professor irá orientar quanto a carga (peso) ideal para você carregar, quais os exercícios que pode ou não fazer, quanto tempo por dia ou por semana, etc. Tudo isso vai depender das limitações de cada pessoa e da sua disponibilidade em se dedicar ao treino.

A dieta que acompanha essa atividade física também é um fator importante a ser analisado. Algumas pessoas acreditam que só praticando o crossfit irão emagrecer ou ou aumentar a massa muscular (como se fosse fácil), porém não se cuida na dieta. Nesse caso, deve-se saber que as duas coisas andam juntas, e que se a alimentação for correta e regrada, o treinamento trará mais resultados em menos tempo (varia de pessoa a pessoa).

As roupas devem ser adequadas para esse tipo de atividade física. Não é necessário, pelo menos no início, ter calçados especiais para a prática. Um tênis com amortecimento e de acordo com sua pisada (neutra, pronada ou supinada) já é o bastante, assim como roupas leves e com boa transpiração (sendo que na maioria das vezes, a camiseta é jogada de lado hehehe).

Faça uma aula experimental com uma turma iniciante, só assim você poderá sentir se realmente se encaixa na prática, se gosta das aulas e se quer continuar com os treinos. Nem todas as pessoas se adequam e querem prosseguir, portanto é interessante saber exatamente como o método funciona, antes de sair fazendo um plano anual e depois perder o dinheiro.

Eu recomendo sempre aliar o crossfit junto com a musculação para ter resultados melhores no cross e com risco de lesões reduzidas. Aí cabe ao seu professor, educador físico, periodizar seu treino para unir as duas modalidades.

Não vá com muita sede ao pote! Como em qualquer outra atividade física, tenha cuidado com o seu corpo e com as exigências que faz a ele. Exagerar no treino pode fazer mal a saúde e trazer problemas ao corpo em curto e a longo prazo.

Seja consciente e cauteloso.

E no mais, mexa-se. Seu corpo foi feito para estar em movimento!

 

Filipe Barbosa – Personal Trainer

 

Filipe Barbosa
Filipe Barbosa
Personal Trainer
PLANOS